A densitometria óssea é um exame de radiologia que mede, com rapidez e precisão, a densidade dos ossos. O resultado é comparado com padrões para idade e sexo.

É principalmente usada para diagnosticar quadros de osteopenia ou de osteoporose, doenças nas quais a densidade e a quantidade de minerais são baixas, e o risco de fraturas é alto. A osteopenia é uma afecção óssea na qual os ossos perdem estes minerais e têm menor densidade, o que os torna mais frágeis. Quando a perda óssea é grave, a afecção se chama osteoporose.

Os objetivos do exame são: avaliar o grau de osteoporose, indicar a probabilidade de fratura, possibilitar a obtenção da curva de perda óssea através do tempo (quando a avaliação é feita periodicamente), e auxiliar no tratamento médico.

O exame está indicado em mulheres em fase de pré-menopausa, menopausa, pós-menopausa, em regime de reposição com hormônios estrógenos, e também nos indivíduos em uso de hormônios tireoidianos, corticosteróides, e medicamentos anticonvulsivantes.

Nas crianças, está indicado quando há necessidade de acompanhamento do desenvolvimento ósseo, em doenças osteometabólicas, e ocasionalmente em regimes dietéticos para emagrecimento.

Caso a paciente acredite estar grávida, ela deve notificar seu médico. A rotina diária antes deste teste não precisa ser mudada, seja em relação a alimentos, bebidas ou medicamentos ingeridos, exceto por medicamentos que contenham cálcio. Estes medicamentos devem ser evitados por 24 horas antes do exame de densitometria óssea.

O paciente não deverá ter se submetido a exame de Medicina Nuclear previamente (72 horas) e não deverá ter realizado exame radiológico com uso de contraste (aguardar pelo menos 5 dias).

No dia do teste, o paciente deverá comparecer com roupa sem metais (zíper, botões, broches, etc).

 

Conheça todos os exames


Fale Conosco
Perguntas Frequentes

Como o próprio nome sugere, é um equipamento que expõe o paciente a uma pequena dosagem de radiação ionizante. Diferentemente do aparelho convencional ou analógico de Raio-X, na Radiografia Digital, o paciente é posicionado na frente do tubo do equipamento, para que o mesmo vá adquirindo as imagens para serem […]
A videolaringoscopia é um exame realizado no consultório por um otorrinolaringologista, com o objetivo de visualizar regiões da cavidade oral, orofaringe, hipofaringe e laringe. Procuram-se  lesões ou sinais sugestivos de doenças que acometam a boca, garganta, base da língua, pregas vocais entre outros. Acoplado a um sistema de vídeo que permite […]
A arteriografia consiste num método diagnóstico, minimamente evasivo, realizado para estudo das doenças arteriais ou doenças com importante participação arterial. O exame exige o acesso ao espaço intravascular de uma artéria, conseguido através de uma punção. Realizada a punção arterial, com o uso de cateteres especiais e guias, pode-se navegar […]
É uma técnica utilizada na ginecologia para diagnósticos e cirurgias intra-uterinas não-invasivas para investigar o interior do útero (cavidade uterina). Permite a avaliação das patologias em casos de infertilidade, abortos, sangramento uterino anormal, pólipos, miomas, aderências e espessamento do endométrio. Durante o exame para diagnósticos é introduzida pela vagina, no […]
A eletroneuromiografia (ENMG) é utilizada para detectar alterações nos nervos periféricos dos membros superiores e inferiores, os quais podem sofrer lesões em doenças ocupacionais (do trabalho), traumáticas (acidentes de motocicletas, de carro ou por armas de fogo ou branca), podendo ainda alterarem-se nas doenças metabólicas (diabetes mellitus, alcoolismo), infecciosas e […]
A Fluoroscopia (ou Radioscopia) é um tipo de exame de imaginologia médica que mostra uma imagem de raios-x contínua em um monitor, tal como um filme de raio-x. O exame é usado para diagnosticar ou tratar pacientes, mostrando o movimento de uma parte do corpo, ou de um instrumento, ou ainda, […]
É atualmente o principal método de diagnóstico das doenças orgânicas do esôfago, estômago e duodeno. Permite não só o diagnóstico das doenças, mas também a coleta de material para estudo (biópsia) ou até o seu tratamento (p.ex. polipectomia). O preparo é feito com aplicação de spray anestésico na orofaringe. Em […]
A biópsia endometrial é um exame ginecológico geralmente requisitado para determinar a causa de um sangramento anormal. Neste procedimento um um pequeno tubo metálico ou plástico, é inserido através do colo do útero no interior da cavidade uterina e movimentado para a frente e para trás em movimentos circulares, sendo realizada a aspiração […]
Copyright 2019 © Todos os direitos reservados - UDI 24 Horas
Desenvolvido por Rafael Marques