A espirometria é um teste que auxilia na prevenção e permite o diagnóstico e a quantificação dos distúrbios ventilatórios. A espirometria deve ser parte integrante da avaliação de pacientes com sintomas respiratórios ou doença respiratória conhecida como bronquite, asma, penumonia, tosse e falta de ar, por exemplo.

A espirometria serve para saber se a quantidade de ar inspirado é suficiente para o indivíduo ou se há alguma obstrução à passagem do ar, como a presença de um corpo estranho, diminuição do tamanho dos brônquios por reação alérgica como ocorre no caso da asma, ou por secreções no local.

A espirometria dura em média meia hora e é feita da seguinte forma. O médico dá ao indivíduo em aparelho para que ele sopre ar com a maior força possível para dentro dele. Após essa primeira etapa, o indivíduo deve utilizar um remédio para melhorar a respiração (broncodilatador) e realizar novamente o sopro no aparelho, dessa maneira pode-se verificar se há um aumento da quantidade de ar inspirado após o uso do medicamento.

Um computador vai registrar todos os dados obtidos através do exame para uma análise posterior.

  • Pacientes Asmáticos;
  • Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC);
  • Doenças Intersticiais Pulmonares;
  • Doenças Respiratórias Ocupacionais;
  • Doenças Neuromusculares;
  • Sintomas Respiratórios (falta de ar, chiado no peito, tosse frequente);
  • Não é necessário jejum;
  • Refeições volumosas devem ser evitadas 1 hora antes do exame;
  • Broncodilatadores de curta ação: devem ser suspensos 4 horas antes do exame (exemplos: salbutamol, fenoterol, terbutalina, ipratrópio);
  • Broncodilatadores de longa ação: devem ser suspensos 12 horas antes do exame (exemplos: salmeterol, formoterol, tiotrópio);
  • Café e chá não devem ser ingeridos nas últimas 6 horas;
  • Cigarro deve ser suspenso 2 horas antes do exame;
  • Álcool não deve ser ingerido nas últimas 4 horas;
  • O paciente deve repousar 5 a 10 minutos antes do teste;

 

Conheça todos os exames


Fale Conosco
Perguntas Frequentes

Colonoscopia é o exame do reto, colon ( intestino grosso) e por vezes o final do intestino delgado chamado íleo distal com um tubo fino e flexível (colonoscópio) que  transmite imagens coloridas para um monitor permitindo ao médico avaliar esses órgãos. É um exame seguro, eficaz e com boa tolerância. […]
A biópsia endometrial é um exame ginecológico geralmente requisitado para determinar a causa de um sangramento anormal. Neste procedimento um um pequeno tubo metálico ou plástico, é inserido através do colo do útero no interior da cavidade uterina e movimentado para a frente e para trás em movimentos circulares, sendo realizada a aspiração […]
A ressonância magnética é um exame para diagnóstico por imagem que retrata imagens de alta definição dos órgãos através da utilização de campo magnético. A ressonância magnética não utiliza radiação, porém uma vez que o aparelho tem um potente campo magnético é preciso tomar cuidado para o que não utilizar durante o exame como: […]
Polissonografia é um registro complexo da atividade elétrica cerebral, da respiração e de sinais indicativos de relaxamento muscular, movimentos oculares, oxigenação sanguínea, batimento cardíaco e outros. Cerca de 30% dos adultos roncam e, embora para a maior parte deles isto não signifique um problema grave, estima-se que em 5% dos […]
A densitometria óssea é um exame de radiologia que mede, com rapidez e precisão, a densidade dos ossos. O resultado é comparado com padrões para idade e sexo. É principalmente usada para diagnosticar quadros de osteopenia ou de osteoporose, doenças nas quais a densidade e a quantidade de minerais são baixas, e o […]
A eletroneuromiografia (ENMG) é utilizada para detectar alterações nos nervos periféricos dos membros superiores e inferiores, os quais podem sofrer lesões em doenças ocupacionais (do trabalho), traumáticas (acidentes de motocicletas, de carro ou por armas de fogo ou branca), podendo ainda alterarem-se nas doenças metabólicas (diabetes mellitus, alcoolismo), infecciosas e […]
A arteriografia consiste num método diagnóstico, minimamente evasivo, realizado para estudo das doenças arteriais ou doenças com importante participação arterial. O exame exige o acesso ao espaço intravascular de uma artéria, conseguido através de uma punção. Realizada a punção arterial, com o uso de cateteres especiais e guias, pode-se navegar […]
O Eletroencefalograma (EEG) é um tipo de exame neurofisiológico útil para avaliar a função do cérebro através da análise da atividade elétrica cerebral espontânea. Indicado para os mais variados transtornos neurológicos, este exame é essencial para o diagnóstico de epilepsias, demências (como Doença de Alzheimer), encefalopatias diversas (de causa hepática, […]
Copyright 2019 © Todos os direitos reservados - UDI 24 Horas
Desenvolvido por Rafael Marques