O Eletrocardiograma é o exame médico, onde é feito o registro da variação dos potenciais elétricos, gerados pela atividade elétrica do coração. Estes sinais elétricos podem ser detectados na superfície do corpo e registrados através da utilização de um aparelho chamado eletrocardiógrafo.

Um Eletrocardiograma indica a frequência e o ritmo dos batimentos cardíacos (regular ou irregular). Também indica a posição das câmaras cardíacas, e se existe aumento de uma ou de mais de uma delas. Através do ECG, o médico poderá avaliar o padrão dos sinais elétricos cardíacos, que se alteram em presença de muitas doenças.

Um Eletrocardiograma pode mostrar:

  • Batimentos e ritmos cardíacos anormais (arritmias cardíacas);
  • Bloqueios no sistema de condução dos impulsos elétricos do coração (congênitos ou causados por doenças);
  • Dilatação do músculo cardíaco, devido à hipertensão arterial ou a outras doenças;
  • Alterações sugestivas de doenças das artérias coronárias, tais como angina ou infarto do miocárdio (ataque cardíaco), com diminuição do fluxo de sangue para as células cardíacas;
  • Alterações sugestivas de modificações dos eletrólitos do organismo, tais como a elevação ou a diminuição acentuadas das taxas de potássio;

Este exame não exige preparo especial, a menos que o profissional médico lhe dê orientações específicas.